A Cervejaria Bohemia, no coração de Petrópolis, conseguiu juntar tudo o que esta blogueira aqui adora: Cultura, História, Lazer, Gastronomia e, o mais importante de tudo: boa cerveja!

Seguindo este blog e suas mídias sociais, fica até difícil você acreditar que um dia na minha vida (adulta, é claro!) eu não gostei de cerveja.

Mas, acredite: eu só passei a tomar cerveja depois que vim morar no Rio de Janeiro , já com mais de 30 anos de idade.

De lá pra cá… bem, muita coisa mudou. Hoje, gosto de cerveja até demais!

Gosto tanto que fico muito empolgada quando, durante as minhas viagens, eu encontro um tour cervejeiro. Nada como aliar educação com degustação. Hehehe!

De modo que fiquei feliz da vida quando soube do convite para visitar a Cervejaria Bohemia, junto com outros amigos blogueiros do núcleo carioca da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV).

Cervejaria Bohemia: uma das principais atrações da Cidade Imperial

É certo que quase todo mundo que faz um bate e volta até Petrópolis saindo do Rio de Janeiro, tem em mente conhecer o Museu Imperial e o Palácio de Cristal.

Museu Imperial em Petrópolis.

De fato, ambos são ícones incontestáveis da cidade.

Porém, dar uma esticadinha até a Cervejaria Bohemia é uma pedida irrecusável para quem quer aliar o lazer ao prazer.

Além disso, a visita à Bohemia é uma oportunidade de conhecer um pouco mais da História da cidade, assim como da primeira cervejaria a ser instalada no nosso país.

Vou ter que voltar um pouquinho na História, para você se localizar no tempo e no espaço. No ano de 1843, D. Pedro II fundou a cidade de Petrópolis.

Porém, pelos menos duas décadas antes disso, os primeiros imigrantes alemães já haviam chegado por lá para trabalhar na Fazenda da Mandioca, pertencente ao médico alemão Georg Heinrich von Langsdorff.

Em 1853, Henrique Leiden chegou à cidade com a responsabilidade de introduzir a indústria cervejeira no Brasil.

Petrópolis recebeu, então, a primeira fábrica de cerveja do Brasil. No decorrer do tempo muita coisa aconteceu. Uma história a ser contada durante o tour cervejeiro…

O complexo cervejeiro da Bohemia

O complexo da Cervejaria Bohemia compreende quatro ambientes independentes. O único deles que você precisa pagar para conhecer é onde acontece o tour. O bar, a loja e o restaurante têm livre acesso.

Assim que você entra, há o Bar Bohemia, onde você pode desfrutar dos rótulos emblemáticos da marca e de petiscos típicos de um bar. Não é necessário pagar ingresso para isso.

Infelizmente, não tive tempo hábil de explorar o local, pois estava participando de um passeio guiado.

Na Loja Empório e Cave Bohemia você encontrará todos os rótulos fabricados pela Cervejaria Bohemia, além de outros rótulos de microcervejarias nacionais e internacionais. Além disso, há ótimas opções para levar um presente ou souvenir pra casa.

O Restaurante Bohemia está localizado no terraço da cervejaria e tem vista para a cidade. Os pratos são todos inspirados na culinária de Petrópolis e seguindo as referências alemãs e portuguesas, predominantes na cidade.

Restaurante da Cervejaria Bohemia

Eu optei por um filé mignon ao molho mostarda acompanhado de batatas rústicas. Para harmonizar com o prato, segui a sugestão do menu: o Aura Lager fez o par perfeito para uma refeição deliciosa.

Importante salientar que o restaurante é bem amplo, mas muito procurado. Então, para garantir que você não terá a frustração de não conseguir lugar, o ideal é fazer a reserva com antecedência. Você pode fazê-lo através do site da Cervejaria Bohemia.

O que esperar do tour da Cervejaria Bohemia?

O tour é uma grande viagem sensorial pela História, pela arte e pela ciência da fabricação da cerveja.

Vou começar pela parte sensorial, que é a forma como o pessoal da Bohemia faz.  Afinal, esta é a melhor maneira de entrar no clima do tour!

Um brinde à sua visita!

Assim que você adquire o ingresso na recepção, já pode se dirigir ao balcão ao lado para pegar a sua primeira degustação.

Aliás, importante ressaltar que o chopp que lhe será servido é mega exclusivo. Você só o encontrará nas dependências da Cervejaria Bohemia, ou seja: durante o tour, no bar ou no restaurante do complexo. Fora de lá… nem pensar! Então, aproveite cada gole.

Uma incursão pelo universo da cerveja

Depois de receber o seu chopp de boas-vindas, você irá começar a visita pelas instalações que contam, inclusive, com recursos multimídia. Não tenha pressa em degustá-lo, pois você pode levá-lo para apreciar durante o tour.

No primeiro espaço lhe será apresentado um vídeo introdutório.

Espaço de projeção do filme introdutório.

Em seguida, você passará por um túnel do tempo, onde encontrará toda a trajetória histórica do surgimento da cerveja.

Santa blogueira!

Uma pincelada pela História do surgimento da cerveja

Não vou me aprofundar muito na História, mas foi por um “acaso dos deuses” que este líquido precioso surgiu na História da Humanidade.

A cerveja foi descoberta há mais de oito mil anos, na Mesopotâmia, região onde os principais povos eram os sumérios e os babilônios. Bem, há duas versões para a descoberta. Eu, particularmente, fico com a dos sumérios.

Eles viviam da agricultura e, portanto, cultivavam cereais que precisavam ser estocados. O fato é que, por conta da precariedade dessa estocagem, as chuvas molhavam os grãos que, posteriormente, eram aquecidos pelo sol.

Surgiu, então, o príncipio básico para se fazer a cerveja: a fermentação. E não é que os sumérios provaram o líquido oriundo do processo e gostaram?

Bem, o resto da história veio com a inesgotável capacidade inventiva do ser humano.

A cerveja atual: resultado da contribuição de muitos povos

Os romanos foram os grandes responsáveis pela difusão do hábito de beber cerveja. Durante suas conquistas, aprenderam com os gregos os princípios cervejeiros básicos.

Posteriormente, foram acrescentando ingredientes, aprimorando as receitas e espalhando todo esse conhecimento por diferentes territórios conquistados.

Na Idade Média, os monges acabaram por criar a primeira “linha de produção” da cerveja… Santa clausura!

O resultado de tanto esforço coletivo ao longo da História é este líquido D-I-V-I-N-O que podemos apreciar até hoje.

Durante o tour, você passará por várias salas, cada uma com um propósito específico. São ao todo 16 ambientes.

Há espaço para memorabílias de todo tipo…

No acervo, você encontrará antigos equipamentos usados na fabricação da cerveja:

Assim como os rótulos da Cervejaria Bohemia ao longo da História:

Aliás, eu tenho que ressaltar que já fiz vários tours cervejeiros de renome internacional, como o da Heineken em Amsterdã e o da Guinness em Dublin , por exemplo.

Posso dizer, sem sombra de dúvida que o tour da Cervejaria Bohemia não fica atrás de nenhum deles. Tem um padrão excepcionalmente alto.

Etapas da fabricação

Seguindo o percurso, você chegará à Sala de Cozimento, onde ficam dispostos os antigos tanques de cobre da fábrica.

Ali, um guia explicará, resumidamente, todas as etapas de fabricação da cerveja.

E, depois do curso intensivo, você fará mais uma degustação.

A última parte do tour contempla as explicações dos tipos de cerveja disponíveis no mercado e suas diferenças de acordo com o processo de fermentação sofrido por elas.

Daí você passa a compreeender melhor as variações entre uma Lager, uma Stout, uma IPA… só pra citar uns exemplos das que eu mais aprecio.

E, lógico, que todo tour que se preze termina com uma degustação. E aí, você brinda com quem você quiser e na língua que você escolher. Saúde!

Chopp de degustação durante o tour da Cervejaria Bohemia

Créditos da foto: Júlia Sampaio

Informações práticas para o tour da Cervejaria Bohemia

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro (a apenas 180m do Palácio de Cristal).

Preços do tour: R$39,00 (inteira) e R$19,00 (meia entrada).

Ingressos para o tour: é possível adquiri-los na recepção do complexo ou comprá-los antecipadamente através do site da Cervejaria Bohemia.

Classificação etária: Crianças acompanhadas dos pais podem participar do tour. Contudo, menores de 18 anos não podem realizar as degustações.

Funcionamento:

  • de segunda à quinta de 12:00 às 17:00
  • sextas e domingos de 10:00 às 17:00
  • sábados de 10:00 às 18:00

Nos meses de junho e julho de 2019, a Cervejaria Bohemia não funcionará às segundas-feiras. Para obter informações atualizadas, convém sempre consultar o site oficial da empresa.

Contato: (20) 2020-9064

Estacionamento: A Cervejaria Bohemia não tem estacionamento para visitantes. Contudo, estabeleceu uma parceria com o Dalvalet Park, que fica próximo.

Para os clientes da cervejaria, a segunda hora é gratuita (válido mediante apresentação da nota fiscal e com o carimbo da cervejaria).

Agradecimentos

Visitei o complexo cervejeiro a convite da Cervejaria Bohemia, na condição de blog membro do núcleo carioca da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV). Entretanto, todas as opiniões e impressões expressam genuinamente a minha experiência.

Ampliando a sua leitura

Aproveite a oportunidade para conhecer, também, a visão dos outros blogs que participaram da experiência!

Blog Cheap Trip

Chicas Lokas

Fora da Toca

Olívia Garimpando por Aí

Turista Profissional

Viagens Bacanas

Viajando com Daniela

A acomodação perfeita para a sua viagem, você encontra aqui:

Compre seus ingressos em Português e sem complicação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: